Autoexame das mamas

Autoexame das mamas

O autoexame da mama é muito importante para ajudar a detectar possíveis problemas. Você sabe como proceder para realizá-lo? Acompanhe nossas dicas:

🌸 EM FRENTE AO ESPELHO – Retire toda a roupa e observe-se com os braços caídos; depois, levante os braços e observe as mamas. Por fim, é aconselhado colocar as mãos apoiadas na bacia, fazendo pressão para observar se existe alguma alteração na superfície da mama. Durante a observação é importante avaliar o tamanho, forma e cor das mamas, assim como inchaços, abaixamentos, saliências ou rugosidades.

🌸 PALPAÇÃO DE PÉ – A palpação de pé deve ser feita durante o banho com o corpo molhado e as mãos ensaboadas. Levante o braço esquerdo, colocando a mão atrás da cabeça, palpar cuidadosamente a mama esquerda com a mão direita usando movimentos circulares, de cima para baixo e de fora para dentro. Repita estes passos com a mama do lado direito. Depois, deve-se também, pressionar os mamilos suavemente para observar se existe a saída de qualquer líquido.

🌸 PALPAÇÃO DEITADA – Deite e coloque o braço esquerdo na nuca, coloque uma almofada ou toalha debaixo do ombro esquerdo para ser mais confortável. Palpar a mama esquerda com a mão direita. Estes passos devem ser repetidos na mama direita para terminar a avaliação das duas mamas. Utilizando os mesmos movimentos da técnica anterior.

E, claro, procure seu médico se identificar qualquer problema, alteração ou ficar com alguma dúvida. 🎗️

Fonte: Gineco

 

Esperamos que estas orientações tenham ajudado você a entender melhor esse assunto tão importante na vida do paciente oncológico.

Mas, não fique com dúvidas, a melhor maneira de entender é conversando com seu médico. Aqui na Oncocentro damos suporte aos pacientes que buscam ter seus direitos assegurados.

Estamos sempre atualizados e fazemos parte da SBOC (Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica) que nos dá todo o suporte necessário.

Dr. Carlos Felin – CRM 9751
Médico Oncologista – Diretor Técnico da Oncocentro

 

Sem comentários

Postar um comentário