Por que a imunidade baixa durante a quimioterapia?

Por que a imunidade baixa durante a quimioterapia?

Um dos efeitos “invisíveis” que mais atingem os pacientes que fazem quimioterapia é a queda da imunidade – ou neutropenia. 

Essa condição afeta 34% dos pacientes com câncer de mama e mais de 50% dos pacientes com linfoma. 

 A quimioterapia pode atingir as células sadias, inclusive as da medula óssea.

Quando isso ocorre, há queda na produção de elementos do sangue, diminuindo os níveis de glóbulos brancos (soldados da linha de frente do nosso organismo na defesa contra infecções). 

O paciente adoece entre três e sete dias após o ciclo da químio. Muitas vezes é necessário interromper o tratamento para tratar a infecção e depois retornar ao tratamento. 

É importante ficar atento a alguns indícios, como febre elevada, calafrios ou transpiração, tosse ou dificuldade para respirar, diarreia, ardor ao urinar etc.

No dia a dia, o paciente pode seguir alguns cuidados simples, como lavar as mãos com frequência, evitar áreas de construção ou reforma – onde podem haver muitos fungos no ar -, usar máscara ao sair de casa, evitar comer fora e ficar longe de multidões. 

Se o paciente tiver conhecimento de que sua contagem de neutrófilos está abaixo de 500/mm3, é recomendável não ter relação sexual. 

Cuide-se!


Leia também: Apoio familiar é fundamental


Fonte: Estadão

Pergunte! Converse conosco, expresse seus anseios, só assim poderemos ajudá-lo e esclarecer suas dúvidas, proporcionando a você e seu familiar um perfeito entendimento quanto ao diagnóstico e a necessidade de um tratamento antineoplásico.

Há décadas, a Oncocentro está sempre do seu lado para ajudar na prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer.

  • José Bonifácio, 2355, sala 1101 da Policlínica do HCAA
  • Santa Maria /RS
  • [email protected]
  • (55) 3221-9000

Os textos publicados em nosso Blog têm caráter informativo e suas informações não substituem a consulta com especialistas. Para mais informações sobre o tema, entre em contato com um médico e tire suas dúvidas.

Sem comentários

Postar um comentário